Logo

Notícias

Abertura das Comemorações dos 90 Anos da OAB de Bragança Paulista, Posse da Diretoria e Diplomação de Presidentes de Comissões, ocorrido no Teatro Carlos Gomes, no dia 18 de março de 2022.

Bragança Paulista (SP), 18 de março de 2022.

Estimada Advocacia, autoridades presentes, senhoras e senhores.

Representando a 16ª Subseção da OAB de Bragança Paulista, Pedra Bela, Pinhalzinho, Tuiuti e Vargem, por meio da nossa Presidente, Dra. Patrícia Vanzolini, presto saudações e agradeço a todas e todos pela presença nesta solenidade, realizada no Centro Cultural Teatro Carlos Gomes, um dos grandes marcos histórico, arquitetônico e cultural da nossa Bragança Paulista. Presidente Patrícia, saiba da enorme satisfação que é recebê-la na nossa subseção, em um dia tão especial. Tenha a certeza de que nossas portas sempre estarão abertas e de que encontrará aqui ânimo e disposição para trabalharmos em sintonia.

Certamente não estaríamos aqui neste dia histórico, se não fosse o esforço de muitos, que acreditaram em uma onda de esperança e, engajados e comprometidos, nos ajudaram a levar para todos os cantos a mensagem vitoriosa. Agradeço a todos e todas, através da Dra. Fabiane Furukawa e do Dr. Caio Aguirre, que caminharam ao nosso lado na campanha. Da mesma forma, pela querida Dra. Dora Cavalcanti, que fez questão de nos prestigiar neste evento, trazendo-nos muita alegria. Agradeço aos muitos amigos e amigas que fizemos naqueles dias e que também nos apoiaram.

Sei do esforço de muitos para estarem aqui conosco, dos compromissos que foram remarcados, dos quilômetros rodados e, por isso, a presença de cada um é sinal de muito prestígio para nós. Muito obrigado!

Talvez poucos saibam, mas este edifício inaugurado em 1894, não como estamos vendo hoje, foi construído por dois importantes bragantinos, Felipe Rodrigues de Siqueira e Izidro Gomes Teixeira. Dizem, Dr. Adib, que foi o primeiro teatro do interior do Estado de São Paulo. Construído para se rivalizar com os melhores teatros do Brasil, foi palco de grandes artistas nacionais e internacionais, tinha como propósito exibir o poder da aristocracia do café daquele tempo, o progresso e a pujança de Bragança. O teatro, com capacidade para mil pessoas, que coroaria nossa cidade de civilização, ficou aberto por cerca de dez anos e fechou as portas no começo do novo século, pouco tempo depois dos seus primeiros espetáculos.

Outro fato notório do início do século XX foi a formalização da divisão da Ordem dos Advogados do Brasil no Estado de São Paulo em 28 Subseções, numeradas a partir de sua importância e quantidade de inscritos, sendo fundada a nossa 16ª Subseção da OAB Bragança Paulista. Na época abrangia os municípios de Atibaia, Piracaia e Itatiba, passando a ser presidida pelo advogado Francisco de Castro Ramos.

Hoje, senhoras e senhores, quase 130 anos depois da inauguração desta joia arquitetônica da nossa história, ela abre novamente as portas, agora para receber a Ordem dos Advogados do Brasil. Por hoje, o tradicional Teatro Carlos Gomes, revitalizado pela administração municipal, se torna uma extensão da nossa Casa da Advocacia e da Cidadania.

Para além de lembrar os 90 anos de fundação da nossa querida e ainda jovem Subseção da OAB Bragança, ou ainda de solenizar a posse da nova Diretoria e de Presidentes de Comissões, celebramos juntos a festa da vontade democrática, um dos elementos que forjam a Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil.

Aliás, a juventude da OAB Bragança e sua vocação progressista vêm justamente do respeito constante ao pensamento democrático e à diversidade de opiniões, da valorização do diálogo e da consciência coletiva. Por isso, este é um momento histórico e que devemos festejar, especialmente em tempos tão difíceis.

Cercados pela pandemia, pela guerra, pela dor e pela incompreensão, perceber que esta instituição que hoje eu tenho a honra, o orgulho e a felicidade de presidir, completa 90 anos de solidez, nos traz esperança. Nos dá a certeza de que não estamos sós. A OAB, representante da Advocacia e da Cidadania, que tem como bandeira a defesa intransigente dos Direitos Humanos, da Constituição e da Justiça Social, ganha ainda mais fôlego para continuar nesta missão.

Reconhecemos os novos tempos que vivemos e, em sintonia com eles, com muito respeito e cuidado, diagnosticamos as dificuldades e necessidades da Advocacia, dos mais jovens aos mais experientes. Compreendemos o que é preciso mudar e o que é possível mudar. É o suficiente? De forma alguma. Estamos, senhoras e senhores, em perene construção! Ainda há muito o que fazer.

Não seria razoável simplesmente cruzar os braços e ver o tempo passar, como se não fizéssemos parte de um mesmo sistema. Como se não tivéssemos responsabilidades. Como se houvesse espaço para esperar as coisas se normalizarem, retornando à tranquilidade de tempos passados, o que nos permitiria voltar a fazer tudo da mesma forma como fazíamos antes. Esse seria um grande erro!

Arregaçamos as mangas e trabalhamos. Nesses 77 dias de nova gestão, já é visível a nova cultura que trouxemos para a OAB, com convite público para participação em comissões, abrindo espaço para todas e todos que, com boa vontade e comprometimento, venham fazer parte da rotina da instituição, contribuindo para tornarmos esta Ordem mais plural, mais diversa… Uma Ordem muito melhor. Reestruturamos boa parte dela e implementamos projetos que julgamos serem indispensáveis para tornar a nossa instituição muito mais forte, eficiente, moderna e representativa.

Quem somos nos limita. Quem desejamos ser nos coloca em movimento. E se queremos continuar sendo uma grande Subseção, digna de estar entre as primeiras subseções do Estado, orgulhosa de ocupar o 16º lugar em importância no seio da Advocacia Bandeirante, impõe-se nos adaptarmos aos novos tempos e às mudanças que acontecem rapidamente no mundo e na Advocacia.

Nós perguntamos: o que ainda não foi feito e que precisa ser feito? Descobriremos todos os dias, pois estamos em construção. O que ainda não ouvimos? Ouviremos todas e todos, sempre com muito respeito. Ainda há muita coisa para se realizar, muita gente para entrar, muita gente para ouvir, muita gente para contribuir.

Nestes tempos líquidos, o que fazemos aqui a máquina não faz nem fará! Continuaremos contribuindo para a edificação de uma sociedade melhor, mais justa, com menos desigualdades, desenvolvendo soluções para combater novos e antigos problemas. Não há uma resposta pronta! Vamos caminhar e aprender juntos, unidos e solidários, neste que é projeto coletivo.

Em Bragança, inauguramos uma nova fase na Ordem dos Advogados do Brasil, na qual prestigiamos o diálogo institucional permanente em que, com muito respeito, a Advocacia, consciente do papel que lhe compete na sociedade, principalmente no Estado Democrático de Direito, abraça sua posição de relevância e participa do debate público em defesa de suas bandeiras. Em defesa da Cidadania.

Esta oxigenação, trazida à 16ª Subseção da OAB Bragança, permitirá uma enorme renovação, sem jamais desprezar o seu passado. Sem desprezar o nosso passado. Nesses 90 anos, muitos vieram antes de nós e abriram portas que nos permitiram chegar até aqui. Todos deram, cada um à sua medida, a sua contribuição para que a OAB Bragança seja esta grande Subseção. Valorizamos a nossa história, pois acreditamos que a árvore somente será forte, frondosa e dará bons frutos, se cuidarmos com muito zelo das nossas raízes.

Fortaleceremos as pontes, não só entre as instituições ou entre a Ordem e a Advocacia, mas entre o nosso passado e o nosso presente. Seguiremos sempre, abraçados às nossas tradições e com olhos para o futuro. Que venham os próximos 90 anos! Ainda hoje, neste teatro em que respiramos história, imbuídos do propósito de resgatar e preservar a história da Advocacia, vamos homenagear duas grandes personalidades, com láureas que carregam grandes nomes.

Ligados às nossas tradições, vamos construindo um futuro melhor para todos e todas. Trabalhando para incluir advogados e advogadas, a fim de que todos se sintam pertencentes, para valorizar a Advocacia, para fortalecer laços com a sociedade. Esta olha para Advocacia bragantina com orgulho, com confiança e com a certeza de que está sendo bem assistida, que está sendo bem representada.

É nosso dever fazer com que esta OAB pujante continue quebrando paradigmas, totalmente conectada ao futuro.

A Advocacia cresceu, é diversa, mas possui muitos pontos de convergência, como o desejo de que a OAB seja mais ativa, representativa e eficiente. Todos desejamos uma OAB forte e respeitada, pois assim a Advocacia também será. Para isso, precisamos garantir que toda essa pluralidade esteja reproduzida na instituição, dando a sua contribuição. Precisamos e nos comprometemos com uma OAB para todas e todos, a qual sempre abre espaço ao diálogo, ao respeito e à solidariedade… que procura agregar e jamais segregar.

A Ordem dos Advogados do Brasil surgiu em um momento importantíssimo, em que ventos de esperança, seguindo uma trajetória democrática, traziam consigo aspirações de renovação e modernização do país. Trago, portanto, senhoras e senhores, a palavra de comprometimento de que a OAB Bragança Paulista dará a sua contribuição para que tal propósito se concretize e não faltará com a sua colaboração na defesa das instituições da democracia e no respeito aos valores constitucionais.

De igual modo, depositamos a nossa irrestrita confiança nos inúmeros presidentes e membros de Comissões da OAB Bragança, com a certeza de que nos ajudarão, com o mesmo comprometimento e inspiração neste importante encargo, neste constante processo de transformação e crescimento da Advocacia e da nossa instituição.

Senhoras e senhores, o futuro nos reserva grandes feitos, mas também grandes desafios, que enfrentaremos com muita serenidade e prudência. Em uma Advocacia tão diversa, é claro que surgirão divergências. No entanto, de forma democrática e republicana, com muito diálogo e respeito, vamos pavimentar juntos um caminho de sucesso para a Advocacia e para Cidadania.

Muitíssimo obrigado!

  

GUSTAVO HERMENEGILDO DE OLIVEIRA RISI

PRESIDENTE DA 16ª SUBSEÇÃO DA OAB SÃO PAULO

(Bragança Paulista, Pedra Bela, Pinhalzinho, Tuiuti e Vargem)

 

Vídeo institucional (AQUI)

Cobertura completa (AQUI)

Fotos do evento (AQUI)